Chá de Bebê é um mergulho autobiográfico em representações de casais, um convite para tensionar modelos de família e sexualidade, reunindo música eletrônica, vídeos e dois corpos pulsando imagens ridículas sobre o amor. Bebe no Teatro do Absurdo, no Surrealismo e no imaginário televisivo dos anos 90 para apresentar prazeres, delírios e esforços conjugais.

A transmissão de estreia do CHÁ DE BEBÊ será seguida ainda de bate-papo sobre o processo de criação. O público pode fazer colaboração consciente que será revertida para a Casa Brasil, uma casa de acolhimento para pessoas trans em situação de vulnerabilidade social.

 

Chá de Bebê é uma ação executada com recursos da Lei Aldir Blanc – Rio Grande do Norte, por meio da Fundação José Augusto, Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Secretaria Especial de Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal. Apoio: Disconexa e Pai Herói.

 

Classificação indicativa 18+.

FICHA TÉCNICA ||||||||||||||||||||||||

PERFORMANCE E DIREÇÃO

Vicente+Vinicius

 

ATRIZ CONVIDADA

Luciana Ramin

 

FOTOGRAFIA

André Chacon

 

EDIÇÃO

Robson Araújo

 

MÚSICAS

Bruno de Oliveira

EX PUNK ME

Hanging Freud

Raiany Sinara

Tinoc

 

CRIAÇÃO DE OBJETOS

Pai-herói

 

RODUÇÃO DO FIGURINO "Ivonis"

Mariana Morais

 

MAQUIAGEM

Victor Bebiano

 

MAGENS DE ARQUIVO V+V

Bruno Souza

Ernani Silveira

Paulo Mitra

Vicente+Vinicius

 

ASSISTENTES DE SET

Guilherme Custódio

Victor Bebiano

 

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO

Comunica Ceci

 

DESIGN GRÁFICO

Gabi Mati

 

APOIO

Disconexa

Pai-herói

 

AGRADECIMENTOS

Franco Fonseca

Lab-performance UFRN

Valéria Martos

Paulet Ploc

Rosane Félix

 

A Virilha aberta é um espaço de escuta da Rádio Virilha, a sua estação úmida.

Retratos de família